Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Petiscos, Receitas, Vegetariana

Batata Frita

Li em qualquer lugar sobre hoje, dia 13 de julho, ser o Dia Nacional da Batata Frita aqui na Bélgica e aproveito a oportunidade para compartilhar algumas dicas de preparo. Segundo dizem por aqui, sempre é tempo de comer french fries e hoje dou algumas desculpas para você apreciar a iguaria.

Como fazer batata frita - Receita de Viagem

Muitas vezes, uma alteração no modo de preparo de determinado alimento pode fazer de algo simples, um alimento de sabor diferenciado. E a batata frita é um destes casos, que vem a ser muito mais versátil do que se imagina. Por isso seguem minhas dicas para quem quer fugir do óbvio (comprar pré-pronta e congelada e simplesmente fritar!) e testar novas receitas de batata frita.

Como fazer batata frita assada

Batata Frita Assada - Receita de Viagem

Preparo é simples e pode ser feito enquanto se preparam os outros pratos da refeição. Veja em passos:

– lave as batatas e mantenha a casca;

– cozinhe por 18 minutos em fogo médio para alto;

– escorra a água e deixe esfriar;

– pré-aqueça o forno em 180 graus;

– corte as batatas em bâtonnet (bastonete, mais ou menos o tamanho de um dedo);

– em uma forma, coloque as batatas, alecrim, azeite de oliva até que as batatas estejam untadas e salpique sal grosso;

– leve ao forno para assar;

– mexa ou vire as batatas vez ou outra, para que dourem uniformemente;

– quando estiverem douradas por fora e e levemente crocantes, estão prontas para servir.

Batata frita na gordura de pato

Como fazer batata frita sequinha - Receita de Viagem

O magret de canard (peito de pato) precisa da gordura que tem entre a pele e a carne, para que fique suculento e macio. Seu ponto ideal é: parte interna rosada e gordura quase completamente derretida. Essa gordura que sobra é ouro e pode tranquilamente ser utilizada para outros preparos de alimentos, como para fazer batatas fritas.

Se por acaso encontrar a gordura para comprar em separado, sem problemas, pode usar também para este mesmo fim. Não é necessário usar muita gordura; coisa de um dedo ou dois em uma frigideira de circunferência mediana. Seguem os passos para fazer essa delícia, de sabor único e marcante:

– lave as batatas e mantenha a casca;

– cozinhe por 18 minutos em fogo médio para alto;

– escorra a água e deixe esfriar;

– aqueça a gordura de pato em fogo médio;

– enquanto isso, corte as batatas em bâtonnet (bastonete, mais ou menos o tamanho de um dedo);

– coloque na gordura para fritar;

– quando estiver dourada de um lado, vire cuidadosamente;

– assim que estiverem douradas por completo, escorra em um papel absorvente e tempere com flor de sal e tomilho. Sirva em seguida.

Batata frita na manteiga

Batata Frita na Manteiga - Receita de Viagem

Este preparo é recomendado para as batatas bolinhas! Veja como fazer:

– lave as batatinhas e mantenha a casca;

– pré-cozinhe por 10 minutos;

– remova a água e aguarde que esfriem um pouco;

– corte as batatinha ao meio;

– aqueça 2 colheres de manteiga em uma frigideira;

– quando a manteiga começar a dourar, adicione as batatinhas;

– salpique flor de sal e alecrim;

– adicione alguns dentes de alho para que fritem junto e liberem sabor;

– quando as batatinhas estiverem douradas, está pronto para servir.

Preparando batatas fritas com sabores (e aromas!) diferentes

Batata frita com alho tostado - Receita de Viagem

Não era muito dada a alho quando provei batatas rústicas fritas, que me serviram acompanhado de um grão de alho crocante por fora e cremoso por dentro. De uns tempos para cá, venho inserindo alho na alimentação, aos pouquinho e um dos preparos que mais gostei é este bem simples: ao fritar batatas, coloque alguns dentes de alho com casca.

Eles liberam um sabor extra para as batatas fritas e podem ser consumidos de uma forma diferente. Atente apenas para que o óleo não esteja quente demais, pois do contrário eles tostam por fora, mas permanecem crus internamente. O alecrim também pode ser utilizado para dar sabor extra na batata.

Um pouco da história da batata frita

Apesar de conhecidas no mundo inteiro como French Fries, a batata frita é um dos elementos mais importantes da gastronomia popular da Bélgica. Há quem afirme que ela surgiu na França; outros alegam que o “french” do nome com que se tornou popular seja derivado do corte em tiras, em inglês, chamado “frenched”.

O que é certo é que as técnicas utilizadas para que a batata frita mantenha-se crocante por fora e macia por dentro foi largamente aprimorado pelos belgas; assim como o hábito de seu consumo como comida de rua. Há décadas elas são consumidas em cones e quem visita a Bélgica precisa provar as mesmas em alguma friterie.

Entre os motivos pelos quais a Bélgica reivindica o título de Patrimônio Cultural Nacional para a batata frita, está na excelência do produto local. Entre os segredos da popular e saborosa batata frita belga está no uso da batata do tipo Bintje (cultivada na Bélgica e considerada ideal para este tipo de preparo); no uso se gordura bovina para fritar; e no cozimento em duas fases.

Tradicionalmente, as batatas fritas belgas são servidas em cones, com maionese. São mais de 5.000 estabelecimentos (entre lojas e ambulantes de rua) espalhados pelo país, onde podem ser saboreadas as melhores batatas fritas do mundo. 

2 thoughts on “Batata Frita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.