Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Bélgica, Viagem

Sankt Vith: cidade para visitar na Bélgica

Dica de hotel e cidade para se hospedar e conhecer um pouco mais da Bélgica germanófona.

Acho que nunca comentei por aqui, mas a Bélgica é dividida em comunidades e regiões linguísticas. Existe a comunidade flamenga, a francófona e a germanófona. Na região linguística Flamenga (Flandres), a língua predominante é o flamengo (dialeto do holandês); na região linguística Francesa (correspondente a quase toda a Região da Valônia) a língua predominante é o francês; na região linguística Alemã (apenas uma pequena parte da província de Liège – Valônia, no extremo leste da Bélgica, fronteira com a Alemanha), onde a língua predominante é o alemão.

Bruxelas é uma região bilíngue, onde francês e flamengo são as línguas oficiais. Nós já visitamos diversas cidades da Bélgica, mas em fevereiro último foi a primeira vez que tivemos um contato maior com a parte do país onde o alemão predomina. Para celebrar uma data especial para nós, resolvemos nos hospedar em um hotel que oferecesse uma bela paisagem, além de comida servida no quarto.

E foi assim que conhecemos Sankt Vith e o Hotel Steineweiher! Segue abaixo a dica para quem quer dar uma escapadinha para uma das regiões mais bonitas da Bélgica. Fica sugestão de cidade base para quem quer visitar o vale de Eifel, o parque Hautes Fagnes e a região das Ardennes belgas.

Descanso no interior da Bélgica: conheça Sankt Vith

Sankt Vith é um município localizado na província belga de Liège e parte da comunidade de língua alemã da Bélgica. O local era um importante mercado da região no século 12 e recebeu o direito de se tornar uma cidade em 1350. Foi danificada por incêndios em 1543, 1602 e 1689. Fazia parte do Ducado de Luxemburgo até a derrota do Imperador francês Napoleão Bonaparte. Como resultado do Congresso de Viena, passou a integrar o Reino da Prússia.

Sankt Vith passou a fazer parte da Bélgica em 6 de março de 1925, com o Tratado de Versailles, após a derrota do Império Alemão na Primeira Guerra Mundial. Um importante entroncamento rodoviário e ferroviário, Sankt Vith foi disputada na Batalha de Bulge em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial, ficando completamente destruída. 

O Exército dos EUA defendeu a Sankt Vith contra o ataque alemão durante alguns dias antes dela ser capturada. A cidade foi bombardeada pela Força Aérea americana nos dias 25 e 26 de dezembro de 1944, sendo a Torre Büchel o único prédio construído antes da guerra a resistir depois do ataque.

Torre Büchel.

Diversas placas com fotos contando a história da cidade estão espalhadas por Sankt Vith, entre as várias opções de atividades turísticas da cidade. Confira aqui tudo sobre turismo na cidade.

Onde se hospedar: Hotel Steineweiher

Preciso confessar que um dos motivos para escolhermos visitar esta cidade foi o Hotel Steinweiher! Com excelente localização, mas cercado de um pequeno parque com lago, perfeito para um período de descanso. Mesmo que seja apenas para sair um pouco da rotina.

Com a pandemia, o restaurante está fechado, mas os hóspedes podem solicitar refeições para o jantar. Algumas opções do menu do dia são preparados no restaurante do hotel e servidas no quarto. E a comida era incrível, muito digna de um restaurante especializado em carnes de caça.

Nós fizemos a reserva diretamente por e-mail, o site oficial do Hotel é este aqui. Eles foram bem solícitos em responder nossas dúvidas e uma das pessoas que nos atendeu no hotel até falava português! Café da manhã era incluso no serviço, jantar pago a parte. Para o almoço, existia a opção de solicitar uma cesta com lanches, mas preferimos comer em uma friterie no centro da cidade (batata frita, hamburguers, autêntica comida de rua belga).

— — —

Todas as dicas de o que fazer aqui na Bélgica já postadas aqui no blog, você confere aqui neste link.

One thought on “Sankt Vith: cidade para visitar na Bélgica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.