Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Itália, Viagem

Villa Adriana em Tivoli

Villa Adriana, dica de atração turística histórica para visitar na Itália, a partir de Roma.

Seguindo nossa viagem pela Itália, a caminho de Florença, fizemos uma pausa em Tivoli para visitar a Villa Adriana. Uma grata surpresa entre tantas atrações históricas espalhadas pelo interior do país, que você pode visitar com facilidade a partir de Roma. Conheça um pouco da sua história, arquitetura e confira informações práticas para planejar sua visita.

História da Villa Adriana

Villa Adriana em Tivoli é o retrato da grandeza do Império Romano. É um dos sítios arqueológicos mais bem guardados e visitados da Itália. Está listado como Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1999.

Construída pelo Imperador Romano Adriano, no pé das Colinas Tiburtinas, entre 118 e 138 d.C., o vasto complexo residencial se estendia originalmente por uma área de cerca de 120 hectares, e tinha muitas características de uma antiga cidade romana. O local incluía além de edifícios, banhos (termas), templos, teatros, jardins, fontes, entre outros.

Maquete da Villa Adriana.

A vila foi projetada em dois níveis: o nível superior, que era reservado para o uso oficial do imperador, enquanto a parte inferior era movimentada e habitada pelos escravos. Combinava elementos arquitetônicos do Egito, da Grécia e romanos, formando em seu conjunto aquilo que o Imperador Adriano considerava “a cidade ideal”. O fato de não viver no Palatino e sim fora de Roma é associado com suas péssimas relações com o senado.

Arquitetura da Villa Adriana

A arquitetura da Villa possui uma combinação de elementos estruturais e artísticos de influência grega, egípcia e e romana. O estudo dos seus monumentos foi importantíssimo para o redescobrimento dos elementos arquitetônicos clássicos nos períodos da Renascença e Barroco.

É, portanto, um sítio arqueológico importante para ser visitado por quem aprecia não somente história, como também arquitetura.

A Villa Adriana atualmente

Hoje, da antiga pompa que compunha a Villa, ainda restam apenas 40 hectares do complexo que podem ser visitados como qualquer sítio arqueológico da Itália. Felizmente ainda é possível ver a magnificência e importância daquela que foi a casa do Imperador, que encomendou a sua construção de forma que representasse as muitas províncias do império que ele próprio visitara.

As cariátides!

Um exemplo é o canopo ladeado por colunas de Cariátides, em uma homenagem à uma antiga cidade Egípcia que levava o mesmo nome. Elas ainda restam imponentes, Em nossa visita, o Teatro Marítimo, a Biblioteca Grega e a Biblioteca Latina estavam passando por intensos restauros. Mas ainda há muito para ser apreciado da casa onde viveu o imperador apaixonado por arquitetura.

Infos práticas sobre a Villa Adriana

  • sítio arqueológico é grande, indico reservar ao menos 3 horas de visita para conhecer o local.
  • nós visitamos de carro (+ ou – 1h de viagem), mas 3 linhas fazem o trajeto que liga o centro de Tivoli à Villa Adriana. De Roma, é possível pegar trem (tempo de viagem também é de + ou – 1h).
  • dentro da villa não tem infraestrutura de banheiros e lancheria. Abasteça-se com água antes de entrar e use os banheiros do parque no caminho entre o estacionamento/entrada até o sítio arqueológico.

Endereço: Largo Marguerite Yourcenar, 1 – 00019 – Tivoli – Itália

Ingresso: 8 €

Estacionamento: 3 €

Site oficial (com horários): http://www.visittivoli.eu/le-ville/villa-adriana&lang=EN

— — —

Para ver também em Tivoli: nós não visitamos, mas a cidade italiana também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.