Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Bélgica, Viagem

Top 5 de Bruxelas: Pontos Turísticos

Para aproveitar ao máximo sua temporada na capital da Bélgica, veja este Top 5 com os principais pontos turísticos de Bruxelas.

Hotel de Vile na Grand Place de Bruxelas - Receita de Viagem

Hotel de Ville na Grand Place de Bruxelas.

Faz mais de um mês que lancei essa tag no blog com Top 5 de Bruxelas, mas com os atentados terroristas em Paris repercurtindo por aqui, resolvi deixar quieto. Como tudo está indo muito bem, obrigada – que o digam os turístas, bem protegidos pela sempre presente polícia e exército belgas – resolvi dar seguimento aos posts.

Espero que curtam (em breve teremos Top 5 de Patris também) e lembrem-se: antes de programar sua viagem para a Bélgica, consulte as postagens do blog!

Top 5 de Bruxelas: Pontos Turísticos

Uma informação bem importante para quem visita a cidade: estes pontos turísticos são bem próximos e podem ser feitos à pé. Recomendo, pelo fato de que existem muitas outras coisas para ver, que indicarei em cada tópico.

— — — — — —

1 – Grand Place e Manneken Pis

Guildas da Grand Place de Bruxelles - Receita de Viagem

Guildas da Grand Place de Bruxelles.

Considerada uma das praças mais bonitas do mundo, a Grand Place de Bruxelas é formada por um conjunto arquitetônico de encher os olhos. O ponto central histórico da cidade é composto pelo Hôtel de Ville (Town Hall, a prefeitura da cidade), obra-prima da arquitetura gótica; a Maison du Roi (Breadhouse), hoje Museu da Cidade; diversos Guildhouses (edifícios que historicamente serviam de sedes de associações, como a dos Brasseurs – cervejeiros).

As Guildhouses hoje abrigam uma variedade de bares e restaurantes, com mesas na rua para que se tenha uma boa vista da praça, enquanto se degusta Moules Frites e cervejas belgas.

Já o Manneken Pis, a pequena estátua do menino fazendo xixi, fica à poucas quadras da Grand Place e merece a visita. No meu ponto de vista, indico apenas para quem deseja captar um pouco do verdadeiro espírito belga: humor, simplicidade e bondade. A estátua original era de pedra, construída no século 17 e foi substituída por um modelo de bronze. Mas a original, assim como o recheado guarda-roupa dela, pode ser visto no Museu de História de Bruxelas, na Maison du Roi.

Bruxelas - Imaginação Fértil

Maison du Roi, ou Museu da Cidade de Bruxelas.

Maneken Pis - Imaginação Fértil

Manneken Pis.

— — — — — —

2 – Catedral São Miguel e Santa Gudula

Catedral São Miguel e Santa Gudula Bruxelas - Receita de Viagem

Catedral São Miguel e Santa Gudula em Bruxelas.

O caminho da Grand Place até a principal igreja da cidade revela algumas surpresas: prédios antigos, muitas lojas de chocolate, lojas de gaufres e frites. Também é possível apreciar no caminho as Galeries Royales Saint-Hubert e arredores, além da praça que fica em frente à igreja.

Galeries Sint Hubert - Receita de Viagem

Galeries Royales Saint-Hubert.

A Catedral de São Miguel e Santa Gudula tem estilo gótico e é onde são realizadas algumas das cerimônias religiosas mais importantes da Bélgica, como casamentos e funerais da família real. Fica na parte alta da cidade, no Monte Treurenberg e é cercada por construções modernas e por vezes, no estilo neoclássico.

Púlpito - Receita de Viagem

Detalhe da Igreja de São MIguel e Gudula.

— — — — — —

3 – Mont des Arts e Place Royal

Mont des Arts Bruxelas - Receita de Viagem

Vista da cidade a partir do Mont des Arts.

À direita de quem sai da Catedral, fica a Estação Central de Bruxelas e ao seu lado, o Mont des Arts. Este belo jardim serve de primeiro plano para uma região histórica bem importante da cidade: próximo da avenida, a estátua do Rei Alberto; na escadaria após o jardim, tem-se uma das mais belas vistas da cidade; na subida do monte, o magnífico Museu de Instrumentos Musicais; ao centro da Place Royal, a estátua do primeiro cruzado Rei Godofredo de Bulhão; por fim, a Igreja de Saint Jacques-sur-Coudenberg, onde foi coroado Leopoldo I, o primeiro Rei da Bélgica.

Museu de Instrumentos Musicais - Receita de Viagem

Museu de Instrumentos Musicais.

Ao contornar esta igreja, seguindo pela direita, encontra-se o Palácio Real, sede administrativa (local de trabalho), da Monarquia Belga. Na frente do Palácio, o Parque de Bruxelas.

A visita a esta região da cidade é cheia de surpresas e passa pela área onde se concentram alguns dos principais museus da cidade. Por isso, não pode faltar na sua lista de coisas para fazer em Bruxelas!

Rei Alberto no Mont des Arts - Receita de Viagem

Rei Alberto no Mont des Arts.

— — — — — —

4 – Parlamento Europeu

Parlamento Europeu - Receita de Viagem

Parlamento Europeu.

O Parlamento Europeu pode ser acessado com facilidade a partir da Praça de Luxemburgo, ponto com estação do Metro, paradas de ônibus, bares e restaurantes. O conjunto de prédios modernos de vidro conta com um centro de visitantes, chamado Parlamentarium, onde os visitantes tem a possibilidade de conhecer a história da organização.

No contexto atual da política mundial, a visita a este local torna-se parada obrigatória em Bruxelas.

— — — — — —

5 – Parque do Cinquentenário

Parque Cinquentenário em Bruxelas - Receita de Viagem

Parque Cinquentenário em Bruxelas

Parque do Cinquentenário também não está muito distante do Parlamento Europeu – distante 30 min. de caminhada tranquila. O caminho é possível também com Metro. Tem como centro uma espécie de arco do triunfo monumental e foi construído para comemorar os 50 anos de independência da Bélgica, em 1880.

Destaco a visita a este local principalmente por dois motivos: um que é possíve ver em bom estado, uma das construções mais imponentes da cidade (visto que o Palácio da Justiça está em reformas) e do período do Rei Leopoldo III; dois porque a visita ao Museu de Guerra é grátis, e neste local é possível ver um acervo riquíssimo.

Além do belo parque, dois imensos pavilhões que abrigam museus importantes da cidade. Saiba mais sobre ele neste post sobre o Parque do Cinquentenário.

Anote aí

Este post contém apenas os principais pontos turísticos de Bruxelas, e serve apenas como um pequeno guia para quem fica pouco tempo na cidade. Há muito o que se aproveitar e fazer não apenas em Bruxelas, mas em toda a Bélgica. Aos poucos estarei postando por aqui tudo que posso, mas você pode ficar à vontade para solicitar informações ou sugerir pautas, aqui no espaço para comentários ou em nossa página no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.