Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Aves, Receitas

Receita de Peru de Natal

Peru!

Pode parecer meio simplório postar isso aqui, mas sei que esta época do ano muita gente pesquisa na internet sobre como temperar um Peru de Natal. Mesmo quem gosta de cozinhar pode nunca ter assado um peru na vida e vamos admitir, não é algo tão simples quanto parece. Para que você não se veja em uma situação como a competidoras da final do MasterChef Brasil deste ano, sem nunca ter feito um destes belos penosos saborosos, segue a minha Receita de Peru de Natal.

Com este modo de preparo infalível, você vai arrasar na Ceia de Natal. Se seguir minhas dicas, posso garantir que  a estrela da noite fique suculenta e dourada.

Ingredientes

Para incrementar o tempero do Peru.

– Vinho branco moscatel;

– Mix de pimentas (branca, preta e rosa);

– Sálvia e alecrim frescos;

– Bacon (200 gramas em fatias e pedaço grande, de 300 gramas no mínimo);

– 200 gramas de manteiga sem sal;

– 3 colheres de azeite extra virgem;

– Peru da Sadia temperado – com tempero clássico (explico o motivo da marca na parte de dicas, no final do post!).

Para a farofa que vai acompanhar o Peru.

– 300 gramas de farofa pronta para churrasco (suave, da Yoki);

– fígado do peru (picado e refogado em uma colher de manteiga, com uma pitada de sal e outra de cominho);

– 100 gramas de uva passa escura;

– 100 gramas de bacon em cubos;

– 100 gramas de azeitonas verdes picadas;

– 1/2 maço de cebolinha fresca picada;

– 100 gramas de nozes pecan picada.

Modo de preparo

Do Peru

Bacon e alumínio: para garantir a suculência do bichinho!

Bacon e alumínio: para garantir a suculência do bichinho!

Verifique o tempo e instruções de descongelamento do peru. Em geral, de 24 a 48h, variando conforme o peso da ave. Deve ser descongelado apenas colocando na parte baixa da geladeira. Verifique as indicações de tempo para assar e programe-se para estar pronto no horário em que deseja servir, se sua intenção for servir quente. Em geral, uma ave de 3,5kg demora em média 3 horas para assar.

Após descongelado, remova a embalagem com miúdos da parte interna do Peru (acredite, por mais básico que isso possa parecer, sei de pessoas que assaram Peru sem remover o saquinho com miúdos da parte interna!). Em um pilão, triture uma colher bem cheia do mix de pimentas (ou quanto achar mais apropriado!), com um punhado de sálvia e outro de alecrim. Acrescente o azeite e posteriormente, um copo de vinho. Regue o peru com esta mistura e deixe marinando por uma hora.

Antes de assar, regue o Peru com a marinada da assadeira. Adicione manteiga entre a pele do peito da ave e das coxas. Com o bacon em fatias, cubra a parte mais carnuda da coxa e o peito. As partes mais extremas (e que assam mais rapidamente, como a asinha e o osso das coxas) devem ser revestidos com papel alumínio durante o período mais intenso de forno. Revista a parte interna da ave com manteiga e coloque o pedaço de bacon. Isso vai garantir a umidade da ave.

Leve para assar e regue com o caldo da assadeira regularmente. Quando faltar 40 minutos para finalizar o tempo para assar o Peru, remova o papel alumínio e o bacon, para que doure uniformemente. Após assado, pode utilizar o mesmo bacon que foi adicionado na parte interna para o refogado da farofa.

Da farofa

Farofa para acompanhar o Peru de Natal.

Farofa para acompanhar o Peru de Natal.

Refogue o fígado picado do peru, com uma colher de azeite extra virgem, uma pitada de sal e outra e cominho. Adicione o bacon picado (pode ser o que estava dentro do Peru!) e refogue por uns 2 min – ou até que solte a gordura. Adicione a cebolinha picada e refogue por mais dois minutos. Siga adicionando os ingredientes e refogando em fogo brando, finalizando com a farofa e depois de desligado, finalize com as passas.

Dicas

– Indico o Peru da Sadia clássico porque ele já vem temperado previamente, mas com um tempero suave e que admite o incremento da marinada que indiquei;

– Note que não recomendamos a adição de sal! Se o Peru já vem temperado, não adicione sal;

– Fique sempre atento às recomendações de preparo indicadas na embalagem;

– Amarre as pontas da coxa do peru para que ao assar, fique com um formato mais bonito;

– A manteiga e o bacon são importantes para deixar o Peru suculento. O açúcar do vinho colabora para que a ave fique mais dourada;

– A adição das passas após a farofa desligada é indicada para que a mesma não perca sua textura e o prato tenha mais contraste;

– Ao invés de vinho, pode usar espumante. Ao invés de uva passa, pode usar ameixa seca, ou outra fruta seca que preferir. Ao invés da noz, pode usar castanha do pará e dar um toque mais brasileiro ao prato.

Origem: a tradição o Peru de Natal é americana. Reza a lenda que foi esta ave que impediu que os colonos ingleses morresem de fome quando chegaram na América do Norte. Nos EUA, o peru é tradicionalmente preparado no Dia de Ação de Graças (última quinta-feira de novembro). Desde 1621 os norte-americanos usam a data para celebrar a boa colheita e o Peru, por ser uma ave de carnes fartas, é a estrela da refeição.

One thought on “Receita de Peru de Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.