Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Carnes, Receitas

Receita de Arroz Carreteiro de Charque

Arroz Carreteiro de Charque - Receita de Viagem

Acho que além do churrasco, não existe nada mais gaúcho na culinária do RS que o arroz de carreteiro. Eu nunca soube fazer com que ele ficasse bem sequinho como o da minha amiga Talise – que já falei neste post aqui (feito com excelente charque confeccionado pelo pai dela, o Seu Nico). O meu sempre fica com uma consistência que lembra um risoto, mas também fica muito bom (modéstia à parte).

Espero que teste e apreciem esta minha Receita de Arroz Carreteiro de Charque!

Ingredientes

– 200 gramas de charque;

– 1 xícara de arroz agulhinha;

– 1 cebola pequena;

– 2 colheres de azeite de oliva extra virgem;

– pimenta preta moída na hora;

– salsinha;

– 4 pães franceses (cacetinho!);

– 1 cabeça de chicória.

Salada de Chicória para acompanhar - Receita de Viagem

Modo de preparo

Corte o charque em lascas finas e pequenas. Passe em água corrente pelo menos 2 vezes e deixe de molho por 3 horas, trocando a água a cada hora. Nunca achei dessalgar de um dia para outro como bacalhau ou carne de sol, pois “lavando” ele já picado já dessalgava o suficiente. Mas se preferir, proceda da mesma forma.

Corte a cebola em cubinhos. Corte salsinha, na quantidade a seu gosto, finamente. Escorra a água do charque e remova a umidade restante com toalhas de papel. Aqueça o azeite e refogue a cebola até que esteja translúcida. Adicione a carne e refogue por mais 5 minutos. Adicione o arroz e mexa. Adicione por fim 2 xícaras de água.

Mexa algumas vezes e se a água evaporar sem que o arroz esteja no ponto, adicione mais água, aos poucos. Quando estiver cozido, desligue e finalize com a salsinha picada e a pimenta moída na hora. Sirva com pão francês fresco e chicória picada (ou a salada verde que preferir!).

No prato - Receita de Viagem

Dica 1: se tiver dificuldades em encontrar charque, teste com carne de sol! Garanto que ficará muito bom também.

Dica 2: essa aparência levemente dourada do meu carreteiro deve-se ao fato de que costumo fazer o mesmo em uma panela de ferro grande.

Origem: o nome do risoto mais famoso do Rio Grande do Sul tem justificativa. Era o prato preparo e consumido pelos carreteiros que atravessavam o país carregando mercadorias. A simplicidade surgiu das necessidades do profissional, que por não ter acesso a nada fresco ou refrigerado, dispunha apenas de arroz e charque para consumo longe das raras paragens. As versões modernas desse prato típico gaúcho são feitas de carne de gado moída ou então, sobras de churrasco.

One thought on “Receita de Arroz Carreteiro de Charque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.