Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Carnes, Receitas

Pernil de Cordeiro Assado

Testamos mais um clássico francês e aqui você tem a receita completa para preparar um delicioso Gigot d’Agneau!

Não sei se por ser carnívora ou por ser criada no RS, que realmente amo um pernil de cordeiro. Mas sabor intenso e textura firme não são os únicos poréns na hora de escolher este corte de carne: há muitas pessoas que não sabem como fazer! Problema que soluciono aqui e hoje, com mais uma receita clássica francesa testada pelo blog.

No original Gigot d’Agneau Pleurer (Pernil de Cordeiro que chora) a ideia é usar o próprio suco e gordura da carne para preparar as batatas, usando uma grelha alta para que o líquido caia sobre elas. Como minha grelha é baixa, fui de batatas ao murro – mas abaixo, a dica para preparar da forma original. Confira a receita e programe-se para a próxima refeição de domingo.

Pernil de Cordeiro Assado

Ingredientes

  • 1 pernil de cordeiro de 1kg (com osso e capinha de gordura);
  • 1/2 copo de vinho branco;
  • Alecrim;
  • 4 dentes de alho;
  • Azeite de oliva extra virgem;
  • Sal grosso e pimenta preta;
  • Barbante
  • Batatinhas pequenas e salada de rúcula para acompanhar.

Modo de preparo

Na véspera, tempere o pernil de cordeiro com sal grosso (uma colher pequena bem cheia de sal grosso é suficiente para um pernil de até 1kg), o vinho branco, o alecrim, a pimenta, um fio de azeite e os dentes de alho com casca. Apenas pressione os mesmos com a lateral da faca, para que a casca se abra, eles sejam levemente esmagados e assim, soltem seu aroma e sabor na carne.

Coloque em uma bacia ou travessa com tampa e deixe na geladeira até o dia seguinte (8h de marinada são mais que suficientes, se o pernil não for muito grande).

Pré-aqueça o forno em 160 graus (temperatura média) até que esteja bem quente (aproximadamente 15 min.). Enquanto isso, monte o assado: se você tem grelha e consegue montar como na foto abaixo, descasque as batatas e corte em rodelas. Coloque em uma travessa e sobre ela, a grelha onde a carne vai assar Seu “choro”, ou melhor, seus sucos, vão temperar e assar as batatas.

Para que o pernil de cordeiro fique com um formato característico de carne assada, enrole um barbante e coloque para assar com a parte da gordura do cordeiro para cima. Importante: não tire a gordura da carne, é ela que garante que a carne fique suculenta e que vai fazer com que o pernil de cordeiro chore e assim, tempere as batatas.

Leve a estrutura de carne + grelha sobre a travessa de batatas no forno quente e asse por 45min. Retire do forno ao final desse período e confira o cozimento das batatas. Se estiverem cozidas e douradas a seu gosto, reserve. Se não, leve de volta ao forno juntamente com a carne. O forno deve estar a esta altura com a temperatura máxima, onde dourará a carne por mais 15 min. Ao final, estará pronto para servir.

Se você não for assar com as batatas em uma travessa colocada na parte de baixo da grelha, lave e coloque para cozinhar em uma panela a parte, com água e sal, por 15 min. Quando estiverem cozidas, coloque as batatas embaixo de um pano limpo e soque levemente, para fazer as batatas ao murro. Tempere com sal e azeite de oliva extra virgem e sirva como acompanhamento para o pernil de cordeiro assado.

Algumas dicas

  • Este tipo de preparo é excelente para quem quer aprender a manusear o seu forno e aprender a brincar com suas diferentes capacidades e temperaturas. Para quem gosta de cozinhar, um exercício interessantíssimo, uma vez que os fornos costumam ser bem diferentes;
  • Toda esta receita é baseada em ver como seus ingredientes se comportam com este preparo e no seu forno. A receita descrita é só uma base para você saber o que precisa ser feito;
  • O ponto da carne de cordeiro, para os franceses, é rosê. os brasileiros costumam comer mais passada que isso, então, siga sua preferência como critério. Se ao final desse período achar que ainda não estiver assado, deixe mais tempo no forno;
  • Colocar a carne de volta em temperatura máxima exige também sua atenção, pois a parte externa pode queimar com facilidade. Evite se afastar do forno.

Confira lista de receitas francesas clássicas que já foram testadas pelo blog:

Post introdução com lista de pratos clássicos

Quase 30 receitas para testar ainda! Muito trabalho pela frente, mas vamos lá! Confira a lista do que ainda precisa ser testado:

  • Moules Marinières
  • Crepe de Trigo Sarraceno
  • Blanquette de Veau
  • Hachis Parmentier
  • Pot-au-feu
  • Garbure
  • Cassoulet – já testei, falta postar
  • Lamprey à la Bordelaise
  • Quenelles com Molho de Lagosta
  • Sopa de Peixe à la Rouille
  • Bouillabaisse
  • Soupe au Pistou
  • Ratatouille
  • Navarin d’Agneau
  • Aligot
  • Fondue Savoyarde
  • Gratin Dauphinois
  • Coq au Vin – já testei, falta postar
  • Choucroute Garnie
  • Baeckeoffe
  • Boeuf Bourguignon
  • Escargots – já testei, falta postar
  • Gougères
  • Cod Accras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *