Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Boston, Onde comer (e beber!)

Onde comer e beber em Boston

Minha expectativa para o quesito comida e bebida em Boston era alto – e aqui você descobre se gostei da experiência (ou não)!

Um dos principais motivos pelos quais nós queríamos visitar Boston era a comida e a cerveja. Eu estava bem curiosa para provar alguns pratos típicos locais como o Lobster Roll e a Clam Chowder, além das cervejas excelentes da cidade e New England em geral.

Digamos que no aspecto comida foi um tanto quanto difícil decidir onde comer (até porque os preços, meus senhores, me pareceram meio exagerados). Mas quanto a cerveja, isso nem preciso comentar – quem é beer geek sabe que Boston é um dos melhores lugares para tomar cerveja nos EUA.

Mas vamos ao que interessa: sei que Boston tem inúmeras possibilidades para quem gosta de caprichar nesse aspecto da viagem. Porém, acho interessante listar nossas escolhas de comida (e os motivos que fazem valer a visita) e bebida que agora compartilho aqui.

Onde comer e beber em Boston

1 – Beantown Taqueria

Esta dica nós pegamos de uma lista (que acabei perdendo) de melhores de lugares recomendados para comer tarde da noite em Boston, segundo os DJ’s. Isso mesmo. E gente, que dica incrível, pois esta foi a melhore comida mexicana que já provei na vida. Recomendo muito!

— — —

2 – Yankee Lobster Co

São inúmeras as opções em Boston para provar um autêntico New England Clambake (o assado de frutos do mar, tradicional de New England). Optamos pelo Yankee Lobster Co, muito bem recomendado por Guy Fieri, apresentador do canal Food Network.

Achei i o preço muito em conta, principalmente comparado com os demais. O local é bem famoso, e talvez você tenha que esperar na fila. Mas realmente vale muito à pena, lagostas bem carnudas e a melhor Clam Chowder que provamos na viagem!

— — —

3 – Quincy Market

Parte do Faneuil Hall Marketplace e localizado em um prédio de 1826, é como um mercado de street food com lojas. Quase como o Mercado Público de São Paulo ou Porto Alegre. Paramos lá para fazer uma das nossas refeições, porém atentem para os horários (pois estava quase fechando). Foi onde provei a minha primeira Clam Chowder, mas não me arrisquei muito mais que isso.

Achei um lugar legal para quem quer provar comida de rua, mas no quesito frutos do mar, recomendo apenas a sopa mesmo. Para comer lagosta e camarão, vale muito mais apenas tentar um lugar como o Yankee Lobster que falei acima, fora dessa localização extremamente turística.

— — —

4 – Luke’s Lobster Downtown Crossing

Eu já tinha provado lobster roll duas vezes aqui na Bélgica (em eventos de food trucks) e sabia que não seria lá muito fã da versão americana. Claro que esse é o preparo tradicional, mas tem duas coisas que não sou lá muito fã: frutos do mar frios e salsão.

E como sempre faço quando quero provar algo que não sei se vou gostar, procuro por aquele que tenha o melhor custo-benefício. E por isso escolhi o Luke’s, que costuma servir lobster roll por pelo menos 10 dólares a menos do que nas lojas do Quincy Market. Por isso, fica a minha dica para quem não quer arriscar, vale à pena!

— — —

5 – Bova’s Bakery

Última dica de onde comer em Boston é de uma padaria. O lugar é bem disputado, principalmente porque fica aberto até tarde da noite. Não é um restaurante e nem tem mesas para sentar. É um local apenas para comprar doces, pães e uma infinidade de pratos prontos take away, como sanduíche, arancini, calzone e outras delícias típicas italianas.

É uma opção para quem quer uma refeição rápida e barata, mas de excelente qualidade.

— — —

Para provar cerveja em Boston

Nem vou tentar fazer uma lista de lugares para beber cerveja em Boston, porque não visitamos todos e são inúmeros. Para quem tiver interesse, aqui neste craft beer guide tem uma lista atualizada.

Porém, tem duas dicas importantes que valem muito a pena: o Trillium Garden, que acontece todo verão e a visita a Boston Beer Company – que faz a conhecida Samuel Adams. E termino me concentrando mais nesta segunda dica. Apesar de não ser uma das cervejarias mais hype do momento – a , a visita é grátis (e a degustação oferecida é quase à vontade). Vale muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.