Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Itália, Viagem

Nápoles, Sorrento e Costa Amalfitana, para conhecer em uma viagem só

Mapa e dicas para desbravar Nápoles e região da Campânia.

Apesar de não ser tão perto quanto parece, é relativamente fácil conhecer Nápoles, Sorrento e Costa Amalfitana e outras atrações em uma mesma viagem. Isso porque todas estas maravilhas ficam na Região de Campânia, que a meu ver tem muito para oferecer além da beleza de seus balneários chic’s.

Além de contar com a fervilhante Nápoles e uma geografia exuberante, tem atrações históricas nem tão conhecidas pelos turistas. Um exemplo é o sítio arqueológico grego de Paestum – do qual falarei em um próximo post. Ele pode ser visitado em um mesmo tour por Pompeia, por exemplo.

Por isso antes de seguir nosso passeio pela Campânia, mesmo já tendo apresentado Nápoles nestes dois posts aqui, resolvi publicar essa espécie de guia da região. Dessa forma, espero ajudar a evitar as decepções pós-férias que seguidamente temos ao descobrir atrações que estavam tão perto de nós e não sabíamos; para planejar melhor um retorno à Itália; pois este país tem sempre muito mais a nos oferecer.

Guia da região da Campânia

Image from https://www.ricksteves.com

Terra da pizza e da salada caprese, a Campânia é uma das regiões mais conhecidas do sul da Itália. Foi em sua capital, Nápoles que nasceu a pizza, entre outros clássicos da culinária italiana.

Nápoles, a Capital

Cidade com quase 4,5 milhões de habitantes, por séculos fez parte da Coroa de Aragão (casa real espanhola), e vários traços dessa dominação são visíveis na sua arquitetura, dialeto, cultura e música. Possui uma lista enorme de atrações históricas e já escrevi sobre ela neste post aqui e neste outro também.

O Vesúvio e as ruínas

Vesúvio visto de Sorrento.

A devastadora erupção do vulcão vesúvio no ano de 79 atingiu boa parte da região do Golfo de Nápoles, devastando cidades como Pompéia, Herculano, Oplontis e Estábia. As ruínas destas 3 primeiras cidades podem ser visitadas, sendo a primeira a mais conhecida turisticamente.

O Vesúvio domina a paisagem e é impossível não olhar para a sua direção enquanto passeia pela região.

Sorrento

Tenho uma paixão inexplicável por esta cidade nas encostas do Golfo de Nápoles e sua vista privilegiada para o Vesúvio. Há quem acredite que ela tem atrações de interesse mediano; já eu digo que sua beleza deve ser observada com atenção. Seu porto é ponto de partida para os ferrys que levam às ilhas de Capri e Schia.

Capri e Schia

Capri é um dos destinos turísticos europeus de luxo (principalmente no verão). Mas nem tudo na ilha custa caro e no post sobre ela você terá todas as dicas necessárias para não ir à falência.

Não conheci Schia, que é muito maior, mas sei que é linda e muito mais acessível que Capri, por isso ela entra para esta lista como uma sugestão.

Costa Amalfitana

A costa da província de Salerno é linda, e assim como Capri, um dos destinos de luxo no verão europeu. É composta por várias cidades (comunas), sendo as mais conhecidas Ravello, Amalfi e Positano.

Paestum

Nem só de ruínas do período romano vive a Itália! Na cidade de Capaccio, ainda na região da Campânia ficam os templos gregos de Paestum, uma grande cidade da Magna Grécia. Além de três grandes templos consideravelmente bem preservados (melhor do que os gregos!), tumbas e um museu cheio de informações fazem a visita ao local realmente valer a pena.

Fica como sugestão para encerrar o passeio pela região!

Informações práticas

  • Quantos dias ficar na região da Campania – sugeriria que 10 dias são suficientes para explorar a região.
  • Como chegar, como circular – de avião até Nápoles e se quiser percorrer os outros trajetos de carro, não recomendo dirigir dentro de Nápoles (o trânsito lá é um inferno). Nos demais lugares é razoavelmente normal, mas considere que na alta temporada os engarrafamentos se multiplicam e as vagas para estacionar são disputadíssimas (mesmo as pagas). Para Capri e Ischia, apenas uma opção: barco. Em Ischia, que é maior, você pode até alugar carro, mas em Capri só circulam carros autorizados. E todos os lugares também é possível alugar vespas, as motos de pequeno porte.
  • Onde ficar (para transitar com melhor facilidade) – recomendo Nápoles ou Sorrento e arredores. Pelos preços e por serem de mais fácil acesso.
  • O que comer (comidas típicas e outras delícias) – pizza, pratos com tomate, alcachofra, muçarela de búfala…salada caprese, mozzarella in carrozza, spaguetti à puttanesca, berinjela à parmigiana, peixes e frutos do mar. Nos doces: babà al rum, sfogliatella, panettone de figos com nozes…

Para encerrar, imagens para convencer você a começar a planejar imediatamente sua viagem para Nápoles e região! Confira o episódio de O Mundo Visto de Cima sobre Pompeia e +.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.