Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Bélgica, Dinant, Onde comer (e beber!), Viagem

Dinant, mais uma bela cidade da Bélgica

Quase como em um conto de fadas, Dinant é uma cidade da Bélgica construída na beira do rio Meuse, cuja igreja e cidadela fazem moldura ao penhasco rochoso.

A dica “vocês precisam conhecer Dinant” que recebemos de amigos foi quase como uma ordem: em julho aproveitamos para conhecer mais (entre tantas!) esta linda cidade da Bélgica. As fotos que vimos anteriormente não mentem: apesar de pequena, o visual da cidade que se formou na beira do Rio Meuse, com destaque para a Eglise Collégiale de Notre Dame e a Citadelle de Dinant (ambas apoiadas no penhasco), impressiona.

Por isso segue a recomendação de visita à cidade da província de Namur, com dicas de o que fazer, um pouco da história da cidade, como chegar, onde comer. Apreciem sem moderação!

O que fazer em Dinant/Bélgica

  • Visitar a Igreja de Notre Dame

Em Dinant - Receita de Viagem

A igreja que é o principal ponto de referência da cidade tinha construção românica, datada do século XII. Em 1227 foi severamente danificada pelas pedras da encosta da montanha onde fica e recebeu contornos de arquitetura gótica. Foi por diversas vezes, através dos séculos, após cada ataque sofrido pela cidade, saqueada, destruída, reconstruída e restaurada.

O que se pode ver hoje, ao visitar a Eglise Collégiale de Notre Dame são os elementos góticos na parte interna, restaurados no século XIX, quando voltou a ter o aspecto do século XIII; e a cúpula em forma de cebola, com revestimento escuro foi construído no século XX, depois da igreja ter sido incendiada durante a Primeira Guerra mundial. Destaque para o lindo vitral, que é considerado um dos maiores da Europa.

Vitral da Igreja - Receita de Viagem

Serviço

Eglise Collégiale de Notre Dame

Place Reine Astrid
5500 Dinant
Tel : 082/22 62 84 – 082/22 22 07
Site oficial: www.doyennededinant.com

Horário: Todo o ano, das 9h às 18h

Missas: sábado, às 18h e domingo às 11h e 18h

— — —

  • Visitar a cidadela

Dinant - Receita de Viagem

A visita a cidadela começa ao lado da igreja. Depois de comprar o ingresso para acesso, pode subir com bondinho ou escadaria.

Principal museu da cidade, além de circular pela bela construção é possível fazer um passeio guiado (sem custo extra). Nele é possível ver alguns elementos de época, como a única guilhotina preservada da Bélgica, sobre como funcionava a fortaleza. Por fim, algumas salas com simulação de trincheiras da Primeira Guerra Mundial, além de uma amostra do que seria um abrigo desmoronado após ataque, onde perdemos a noção de verticalidade.

Dentro da trincheira - Receita de Viagem Simulação de abrigo que desmoronou - Receita de ViagemDentro da cidadela de Dinant - Receita de Viagem Do alto da cidadela de Dinant - Receita de Viagem

Serviço

Citadelle et téléphérique

Place Reine Astrid, 5
5500 Dinant
Site oficial: http://www.citadellededinant.be

Horário: Todo o ano, exceto Janeiro. De 15/11 a 31/03 é fechado nas sexta-feiras.
Das 10h às 17h e das 10h às 18h no verão.

Preço: Adultos 8 euros. Crianças (menores de 12 anos) 6 euros.

— — —

  • Maison Leffe

Esta visita merece um post especial para quem é fã da cultura cervejeira belga, que será publicado na quinta-feira, o dia em que falamos sobre cerveja aqui no blog.

— — —

  • Rocher Bayard

Localizada entre Dinant e Anseremme, a Bayard Rock é uma espetacular formação rochosa com cerca de 40 metros de altura. Reza a lenda que ela foi feita pelo casco de Bayard, um cavalo mágico gigante que carrega os 4 sons de Aymon (lenda está presente em um conto épico antigo).

Na realidade, porém, havia um pequeno buraco entre essas rochas que foi aberto pelos soldados de Luís XIV quando tentavam invadir Dinant. Como podem perceber, uma estrada normal passa pela fenda, mas tem um pequeno estacionamento para quem quer apreciar a paisagem.

— — —

  • Circular pela cidade

A cidade é pequena – tem pouco mais de 14 mil habitantes – e se prolonga nas margens do rio. É bem agradável circular pelas ruas estreitas e ver casas bonitas e construções antigas. É um dos lugares mais fotogênicos que já visitei. Quando cansar, sente em um dos bares da beira do rio e aprecie a paisagem saboreando uma cerveja Caracole, que é fabricada na cidade.

Rio Meuse em Dinant - Receita de Viagem Pelas ruas de Dinant - Receita de Viagem

— — —

Outras atrações de Dinant

Com tempo curto e já um tanto cansados, deixamos de visitar algumas outras atrações da cidade, mas que listo com link informativo para quem tiver interesse.

  • Chateau de Freyr

Este castelo pode ser visto da cidadela.

Endereço: Route de Givet, 12 | Hastiere, Dinant 5540,Bélgica

Site oficial de turismo de Dinant: http://www.dinant-tourisme.com/

  • Grote La Merveilleuse

Esta gruta natural de formações rochosas antiguíssimas é um bom passeio para quem gosta de atrações naturais. Não visitamos pelo fato da mesma ter fechado cedo.

Endereço: Route de Philippeville 142, Dinant, Bélgica

Site oficial de turismo de Dinant: http://www.dinant-tourisme.com/

  • Passeio de barco pelo Rio Meuse

Do trem, bem antes de chegar em Dinant, a vista que se tem da margem do rio é linda. Muitas casas de veraneio, palacetes, pequenas embarcações…desejo retornar para fazer este passeio. São diversas opções para quem visita a cidade no verão.

Endereço: Avenue Winston Churchill | Dock 5, Dinant,Bélgica

Site oficial: http://www.dinant-evasion.be/

  • Museu de Adolphe Sax

O Saxofone foi inventado por um belga, nascido em Dinant, chamado Adolphe Sax. O Museu dedicado ao inventor fica em sua antiga residência e pode ser visitado com facilidade.

Endereço: Rue Sax 37, Dinant, Bélgica

Informações sobre horários e + no site de turismo de Dinant.

— — —

Como chegar em Dinant

Novamente, visitamos a cidade de trem. Dos trechos que circulamos, este foi o caminho mais bonito até o momento.

Passagem com weekend ticket: 13,80 por pessoa (ida e volta), saindo de Bruxelas. Dica: atentem bem para os horários de trem direto para Bruxelas, pois precisar trocar é bem arriscado. Quando nos tocamos disso, estávamos no meio da janta e precisamos “apertar o passo” para não perder a última linha direta.

Para comprar passagens, consultar valores e horários, este é o site da Belgian Rail.

— — —

Onde comer em Dinant

Como na cidade não havia nada que estivesse a fim de provar que não fosse possível encontrar em Bruxelas, acabamos não escolhendo antecipadamente onde comer. Vale – para o horário do almoço pelo menos, tentar um dos restaurantes com vista para o rio.

No almoço, apostamos em lanches do restaurante self-service no topo da cidadela (Fritas e hamburguer, por preços bem honestos).

No jantar, escolhemos a Brasserie Din’ En Ville, onde comemos Flammekueche – uma espécie de pizza/torta com cebola, bacon e queijo, cuja receita postarei em breve (pois faz parte da lista de receitas que estou testando!). Gostei bastante, acho que o preço poderia ser um pouco mais honesto (11 euros), mas pelo tanto de comida servida, valeu. Restaurante bem diversificado (mas sem foco…), que servia moules e até feijoada brasileira. Pressa não nos deixou perguntar o porque disso.

Flammekueche - Receita de Viagem

— — —

Sobre Dinant

Distante menos de 100 km de Bruxelas e apenas 20km da fronteira com a França, Dinant é uma cidade cheia de história. A região foi inicialmente ocupada pelos romanos, por conta de sua localização estratégica à beira do Rio Meuse, que corta boa parte da Bélgica e tem 950 km de extensão. Durante a Idade Média, a cidade foi um centro próspero na área da metalurgia.

A igreja e a cidadela que formam o conhecido contorno da cidade datam do ano 1040 e já sofreram muitos ataques e reformas, tendo sido reconstruídos várias vezes. O primeiro episódio trágico da cidade data de 1466, quando Carlos, o Tememário destruiu e colocou fogo na cidadela. Depois foi saqueada durante a passagem das tropas do Duque de Nevers, em 1554. Em 1675 a idade foi tomada por Luis XIV, então rei da França, que alterou boa parte da estrutura da cidadela. A cidade também foi severamente destruída durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial.

2 thoughts on “Dinant, mais uma bela cidade da Bélgica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.