Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Legumes, Receitas, Vegetariana

Como fazer tomate confit

Tomate confit, para usar como molho, comer como antepasto ou acompanhamento!

Tomate confit, apesar do nome refinado (que vem de confitar!) é muito fácil de fazer. Mas o melhor mesmo é a sua versatilidade, pode ser usado como acompanhamento, para ser consumido com torradinhas e (meu favorito!), para completar o molho de tomate da massa.

Este post além de explicar o que é tomate confit e compartilhar o modo de preparo, seguem algumas sugestões de uso. Espero que apreciem e me avisem se testarem – ou se já preparam, me digam como fazem!

O que é tomate confit

Confitar é cozinhar um alimento em gordura à baixa temperatura e lentamente. Pode ser feito em uma panela no fogão ou em uma forma no forno. O alimento deve ser coberto pela gordura ou óleo e a temperatura da gordura não pode ultrapassar os 100 graus. Para deixar mais saboroso, adicione temperos e ervas. No caso dos tomates, devem ser assados até que estejam levemente murchos.

postei aqui neste link a receita de pato confit, mas você pode usar esta mesma receita que segue para confitar outros legumes como brócolis, couve-flor e alho.

Como fazer tomate confit

Ingredientes: 500 gramas de tomate cereja, alho (ao seu gosto), sal grosso ou flor de sal (também em quantidade ao seu gosto), pimenta preta moída na hora, 1 xícara de azeite de oliva, tomilho, alecrim e louro.

Modo de preparo: lave os tomates e seque bem. Se eles estiverem em cacho e quiser manter, fique à vontade, mas não é essencial. Coloque os tomatinhos em uma assadeira ou travessa para levar ao forno aquecido por no máximo 100 graus ou temperatura baixa.

Regue com o azeite e polvilhe sal grosso e pimenta. Finalize colocando os dentes de alho levemente amassados e com casca, os ramos de alecrim e tomilho, as folhas de louro. Leve ao forno para assar até que estejam levemente murchos e está pronto!

Como usar tomate confit

  • com torradinhas, como um antepasto;
  • como acompanhamento para pratos com carnes, peixes e frutos do mar;
  • para complementar o macarrão com molho de tomates;
  • o azeite que sobra é extremamente aromático e saboroso, e você pode usar em outros preparos onde quer um pouco mais de sabor, como se usa um azeite temperado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.