Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Bélgica, Viagem

Blogmas 20 – Conhecendo o Thermes de Spa

Visitamos um spa na Bélgica pela primeira vez e aqui segue o que achei da experiência.

Este é um blog de viagens e receitas, mas trouxe o termo Spa para o Blogmas porque aqui, isso é uma atração turística. A palavra como conhecemos tem origem por causa da cidade de mesmo nome, que fica na Bélgica. Onde também acontece o GP da Bélgica – Spa/Francorchamps, na província de Liége.

Spa foi o primeiro local a exportar suas águas ainda no século 16, para regiões próximas e depois por toda a Europa, acompanhando assim a crescente reputação de suas curas. O termo Spa se tornou assim um termo genérico para hidroterapia em inglês e em alguns outros idiomas.

Alguns dizem que existem 25 fontes na região, enquanto outros contam até 300 espalhadas pelas colinas. Suas propriedades medicinais já eram conhecidas localmente no século 16. Mas quando o czar Pedro I da Rússia chegou para uma estadia de um mês em 1717, por recomendação do médico, e deixou aparentemente curado de sua doença hepática, o interesse dos aristocratas em toda a Europa e Rússia cresceu. De repente, Spa era o lugar para estar.

Vale lembrar que a família real belga também foi uma das maiores responsáveis por colaborar com a reputação de Spa. Pois ainda no século 19, mudou-se para lá e com isso, toda a realeza da Europa passou a frequentar o Spa original. Para conhecer melhore essa história acesse aqui.

E hoje decidimos conhecer um spa, talvez o mais conhecido e concorrido deles, o Thermes de Spa. E conto um pouco do que achamos a seguir.

Thermes de Spa

Como era nossa primeira vez no local, escolhemos a opção básica. Pagamento de 20 euros que permitia acesso às piscinas aquecidas, jacuzzi’s, armários, duchas e banheiros. O visual é encantador, com a piscina interna tendo vista e acesso fácil por dentro da água para a externa.

O Thermes de Spa fica no topo de uma montanha, e de lá é possível ver a cidade logo abaixo. Não usamos os outros serviços, apenas o bar e aquilo que já vem incluso no pacote básico: duchas, banheiros, armários e espaço para se trocar.

Achei os preços bem razoáveis: pagamos 20 euros por 3 horas de acesso as piscinas e jacuzzi’s e os demais itens inclusos. Pelo roupão, paga-se 7 euros e pelas toalhas, 2. Não é permitido o uso de chinelos no local, e também não é permitido levar comida e bebida, ou tirar fotos.

Mas adorei conhecer o local, quero voltar, assim como também quero conhecer outros spa’s da Bélgica!

Site oficial: Thermes de Spa

Endereço: Colline d’Annette et Lubin – 4900 – Spa – Bélgica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.