Receitas, dicas culinárias, restaurantes e viagens. Aprecie sem moderação!

Bélgica, Viagem

19 Atrações turísticas gratuitas em Bruxelas

Confira lista de atrações turísticas de Bruxelas que você pode visitar sem pagar nada.

Pode não ser a cidade mais barata da Europa, mas um dos motivos para colocar a capital da Bélgica no seu roteiro de viagem é o fato de que tem muitas atrações turísticas gratuitas. Esta lista de o que fazer em Bruxelas é um estímulo para que venha conhecer!

E são muitas coisas para fazer sem gastar por aqui! Desde a lista de mais de 150 museus que pelo menos o primeiro domingo de cada mês permitem acesso gratuito (confira a lista completa de Museus Grátis em Bruxelas neste post aqui), até as principais atrações turísticas da cidade, podem ser visitados gratuitamente.

Muitos eventos importantes de Bruxelas também tem acesso grátis, como o Tapete de Flores na Grand Place (de 16 a 19 de agosto de 2018), a visita ao Palácio Real, o Festival de Fogos de Artifício em Laken (conferir datas no link), entre tantos outros eventos. Este post é um guia simples, para quem quer visitar Bruxelas sem precisar gastar além do transporte e da disposição para caminhar – isso porque as principais atrações turísticas da capital da Bélgica não precisam, necessariamente, pagar para ver. Apreciem e repliquem sem moderação!

Atrações turísticas gratuitas em Bruxelas

1 – Palácio Real de Bruxelas

O Palácio Real de Bruxelas só pode ser visitado em seu interior em um período específico do ano (em 2018, de 21/07 a 02/09). Mas toda sua imponência pode ser vista do lado de fora.

Endereço: Rue Brederode, 16 – 1000 – Bruxelas

Site: https://www.monarchie.be/nl/paleis-patrimonium/koninklijk-paleis

— — —

2 – Mont des Arts

Um dos melhores pontos para observar Bruxelas do alto é a escadaria do Mont des Arts (a parte elevada tem este nome por contar com diversos museus ao redor do complexo de jardins, estátuas e fontes). É um bom lugar para descansar, ouvir música de artistas de rua, comer um waffle ou tomar um sorvete enquanto aprecia a paisagem.

Endereço: Rue Royale, 2-4 – 1000 – Bruxelas

Site: http://www.montdesarts.com/

— — —

3 – Grand Place

No topo da lista das atrações turísticas de Bruxelas, a Grand Place pode ser visitada gratuitamente. Palco de grandes eventos, o principal patrimônio histórico da cidade é uma praça (vazia, para apreciação de todos) cercada por construções seculares (as casas das associações de profissionais), o Hôtel de Ville a Maison du Roi (hoje o museu que guarda a história da cidade) – essa sim uma atração paga.

Dedique pelo menos uma hora de seu tour pela cidade apreciando a beleza e os detalhes dos prédios da Grand Place de Bruxelas.

— — —

4 – Atomium

Construído para a Expo de 1958, o Atomium é considerado a Torre Eiffel da Bélgica – dado o motivo pelo qual foi construído e por ser amado por uns, e odiado por outros. A visita ao seu interior é possível e também é paga, mas o listo como uma das atrações turísticas gratuitas de Bruxelas pelo fato de que (por motivos óbvios), não tem como vê-lo se está dentro dele.

Endereço: Square de l’Atomium – 1020 – Bruxelas

— — —

5 – Torre Japonesa e Museu do Extremo Oriente

Ambos os prédios foram construídos dentro dos domínios do Palácio Real de Laeken (residência oficial da família real da Bélgica e que em breve, pode se tornar um parque público), a pedido do rei Leopoldo II, entre os anos de 1901 e 1910. A torre faz parte dos domínios do palácio e não pode ser visitada; o Pavilhão que abrigava o Museu do Extremo Oriente está fechado, por apresentar problemas estruturais que não garantem a segurança para a visita. Mas ambos podem ser apreciados do lado externo.

Endereço: Avenue Van Praet – 1020 – Laeken – Bruxelas

Site: http://www.kmkg-mrah.be/fr/bienvenue-aux-mus%C3%A9es-dextr%C3%AAme-orient

— — —

6 – Catedral São Miguel e Santa Gudula

A catedral de Bruxelas, construída em estilo gótico, fica no centro da cidade e pode ser visitada gratuitamente. Algumas das celebrações religiosas belgas mais importantes são realizadas no local, como a visita do Papa João Paulo II, a bênção dos barris para o Belgian Beer Weekend e alguns dos casamentos da família real.

Endereço: Place Sainte-Gudule – 1000 – Bruxelas

Site: http://www.cathedralisbruxellensis.be/en

— — —

7 – Square du Petit Sablon

O pequeno jardim público em estilo neorenascentista passou por intensa restauração e hoje é mais uma das atrações turísticas da região do Sablon, no centro de Bruxelas. Seu destaque são as 48 estátuas das profissões e a ornamentação de plantas e flores, planejadas para simbolizar as 9 províncias da Bélgica, entre outros símbolos do país.

Endereço: Rue de la Régence – 1000 – Bruxelas

Site: https://environnement.brussels/fiche/square-du-petit-sablon

— — —

8 – Igreja Notre Dame du Sablon

Igreja de estilo gótico e barroco, em frente a Square du Petit Sablon. 

Endereço: Rue des Sablons – 1000 – Bruxelas

Site: http://www.upbxlcentre.be/eglises/notre-dame-du-sablon/

— — —

9 – Basílica do Sagrado Coração

A Basílica de Koekelberg – Basílica do Sagrado Coração de Bruxelas ocupa o quinto lugar entre as maiores igrejas do mundo, depois da Basílica de Notre-Dame de la Paix em Yamoussokro na Costa do Marfim, São Pedro em Roma, São Paulo em Londres e Santa Maria Dei Fiori em Florença. A visita ao topo é paga, mas o acesso a Basílica é gratuito.

Endereço: 1083 – Bruxelas

Site: http://www.basilicakoekelberg.be

— — —

10 – Botanique

Hoje um complexo cultural para receber eventos e shows, o Botanique já foi o Jardim Botânico de Bruxelas. Seu belíssimo complexo de jardins e fontes é opção agradável para quem quer relaxar bem no centro da cidade.

Endereço: Rue Royale, 236 – 1210 – Saint-Josse-ten-Noode – Bruxelas

Site: http://botanique.be/

— — —

11 – Parlamentarium

O Parlamentarium é o Centro de Visitantes do Parlamento Europeu. Oferece uma experiência multimédia para quem quer saber mais sobre como a União Europeia afeta na vida das pessoas que vivem nos países do bloco, além de organizar outras exposições temporárias.

Endereço: Rue Wiertz, 60 – 1047 – Ixelles – Bruxelas

Site: http://www.europarl.europa.eu/visiting/pt/brussels/parlamentarium

— — —

12 – Parque do Cinquentenário

O parque público cujo símbolo é o Arco do Triunfo de fundação da Bélgica como país, reúne em seu complexo de prédios em formato de U alguns dos mais importantes museus da cidade, como o Museu Real do Exército e História Militar, o Autoworld e o Museu de Arte e História. É um dos parques mais bonitos da cidade e a visita é recomendadíssima.

Site: https://visit.brussels/fr/place/Parc-du-Cinquantenaire

— — —

13 – Manneken Pis

Foto distante para mostrar o tamanho real do Manneken Pis.

A pequena fonte em bronze de um menino fazendo xixi é o símbolo informal de Bruxelas. Como costumo dizer, é um reflexo do humor dos belgas. Tanto que já tem uma menina que faz xixi, um cachorro…Em breve pretendo fazer um post com um roteiro para quem quer ver as estátuas mais icônicas da cidade. Visita é muitas vezes decepcionante (pois o menino é pequeno mesmo!), mas ao menos, é grátis.

Endereço: Rue des Grands Carmes, 31-33 – 1000 – Bruxelas

Site: https://www.brussels.be/manneken-pis

— — —

14 – Galeries Royales Saint-Hubert

Construída a partir do ano de 1837 a partir de projeto arquitetônico de Jean-Pierre Cluysenaar. A proposta era a construção de uma rua com estabelecimentos comerciais com telhado, para abrigar os clientes do mau tempo. É considerada uma das primeiras versões do shopping center, pois além de lojas, tem bares, casa de espetáculo e restaurantes.

Endereço: Galerie du Roi, 5 – 1000 – Bruxelas

Site: http://www.grsh.be/

— — —

15 – Museu do Banco Nacional da Bélgica

Um dos museus mais bem localizados de Bruxelas, com acesso grátis e possibilidade de tour guiado para grupos de até 10 pessoas.

Endereço: Rue de la Montagne aux Herbes Potagères, 57 – 1000 – Bruxelas

Site: https://www.nbbmuseum.be/en/

— — —

16 – Porte de Hal

Bruxelas, assim como a grande maioria das cidades da Europa no período medieval, era cercada por uma grande muralha. A Porte de Hal é uma das portas de entrada restantes da segunda muralha construída para proteger a cidade, no século 14. A visita ao museu é paga, mas o acesso aos jardins e pequeno parque envolta dela é gratuito.

Endereço: Boulevard du Midi, 150 – 1060 – Sint-Gillis – Bruxelas

Site: http://www.kmkg-mrah.be/fr/informations-pratiques-1

— — —

17 – Praça e Igreja de Santa Catarina

Uma das regiões mais charmosas do centro de Bruxelas, a Igreja de Sainte-Catherine é cercada de bons restaurantes, algumas muralhas históricas (aos fundos, é possível ver a Tour Noir, parte da primeira muralha que protegia Bruxelas), dois lagos artificiais e o melhor lugar para quem gosta de petiscar peixes e frutos do mar muito frescos e preparados na hora (conheça o Mer du Nord neste post aqui).

Endereço:  Place Sainte-Catherine – 50 – 1000 – Bruxelas

— — —

18 – Le Vaux-Hall

O jardim e espaço para apresentações musicais lotado nos fundos do Théâtre Royal du Parc é uma das mais recentes (por conta de sua restauração) atrações turísticas de Bruxelas, disponibilizada para o público de forma gratuita. Clique no link acima para conferir sua história e atrações para este verão.

Endereço: Parc Royal de Bruxelles – Rue de la Loi, 1 – 1000 – Centro – Bruxelas

— — —

19 – Palácio de Justiça

Por último, mas não menos importante, o lindo “elefante branco” de Bruxelas: o Palácio de Justiça. A construção de proporções nababescas é repleta de mármore em seu interior, mas os andaimes na parte externa (que estão lá há tanto tempo que já precisam de reforma!) impedem que se tenha uma dimensão real deste que é o maior palácio de justiça do mundo. Funciona normalmente como Palácio de Justiça e pode ser visitado na parte das escadarias quanto as salas de julgamento.

Endereço: Place Poelaert, 1 – 1000 – Bruxelas

Site: https://www.visitonsbruxelles.com/palais-justice

— — —

Mais detalhes sobre determinados pontos turísticos de Bruxelas informarei em posts individuais. Comente abaixo quais despertam mais o seu interesse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.